Teen Tubers Brasileiros



Quem viu o Youtube surgir em um formato simples, onde o objetivo despretencioso era facilitar o acesso de pessoas à coisas engraçadas como o Leroy Jenkins, dificilmente poderia imaginar as proporções que tal ferramenta tomou no decorrer destes anos. A televisão cada vez mais perde espaço para pessoas "normais" como eu ou você opinando o que querem na tela de um celular. E quem está na vanguarda dessa onda? Os jovens é claro, por ainda estarem com o fogo da vontade de dizer ao mundo o que pensam, algo típico da idade. Porém é justamente nesta idade que outra grande característica transborda em quantidade: A VONTADE DE FAZER MERDA.

O fato recente do garoto que quebrou a placa de 100 mil inscritos é ínfimo perante ao vendaval de inutilidades e futilidades que os canais mais acessados apresentam. Se ele fez tamanha idiotice, é porque o ambiente ao qual ele convive está propício para isso. Ou vocês acham que um pânico na TV não faz pior? Um domingão do faustão tem mais conteúdo que isto? Ou mesmo que a extinta MTV era muito diferente disso no final das suas atividades? REFLITA! Não existe palhaço sem circo, e tudo isso que só prova uma coisa que eu tenho convicção à anos:

NÃO SÃO OS CANAIS DE TV QUE NOS OBRIGAM A ASSISTIR PORCARIAS, É O PRÓPIO POVO EM SUA MAIORIA QUE ADORA, IDOLATRA E REVERENCIA O LIXO. A maior prova disso é o youtube, onde você é quem escolhe 100% do que irá assistir, ninguém te obriga a nada. Mas mesmo assim as mesmas presepadas estão aí no topo das visualizações, e vão continuar porque o que o povo brasileiro quer mesmo é bastante futilidade. A vida real aqui é cruel demais, basta ir até a esquina e ver problemas gritantes de segurança, economia, transporte, etc... Assim o que as pessoas querem é entrarem em um mundinho youtubeano onde você precisa apenas absorver de forma bestial conteúdos débeis que irão te fazer feliz por uma hora que seja. Isso é cíclico, diário e quase pandêmico.

E quem era para estar mudando esse fato é justamente os jovens que produzem as piores porcarias culturais. É triste por exemplo ver que o cara que quebrou a placa ao meio, graças ao fato já ultrapassou em muito 1 milhão de inscritos. Enquanto isto canais como um que tenho sobre resenhas literárias possui 10 mil visualizações apenas. E por falar em literatura, recentemente fui à uma livraria onde saí espantado com a pobreza intelectual que essa gente propaga. NÃO, LER QUALQUER LIVRO NÃO FARÁ VOCÊ EVOLUIR. E a prova é um livro que folheei cujo autor é um youtuber brasileiro. No livro(que não é barato), pasmem, haviam diversas páginas em branco com molduras bonitinhas com entalhes dizendo: "Desenhe aqui a primeira coisa que te vem à mente". Em outras páginas uma frase apenas! E o conteúdo era de doer a alma, não que eu queira posar de elitista aqui amigo, mas para quem já leu Fernando Pessoa, o simples folhear de tamanha aberração me deixou muito preocupado com o que esse pessoal tem na cabeça. Ou não tem na cabeça.

E assim enquanto a vida cotidiana brasileira é cruel, a vida virtual é triste, pois tamanho lixo consumido nunca será suficiente, e ela só demonstra que esta geração não terá culhão para deixar um Brasil melhor para as próximas ao qual eu nem estarei aqui para lamentar em comunhão.

enfim, caso você goste de resenhas literárias eis meu pobre e singelo canal: https://www.youtube.com/user/dougjano/videos


Emoticon Emoticon